sociocultural

No sobrado Barão do Cabo Verde, construção que data de 1835, funciona a sede administrativa da Fundação, na área central da cidade, onde é promovida a revitalização das tradições locais, contemplando as artes da pintura, literatura, música, teatro, dança, a culinária, o artesanato e os diversos saberes da comunidade. No local, que passou a ser chamado de Casarão, são realizadas palestras, cursos e atividades culturais, artísticas e de lazer, destinadas a crianças, jovens, adultos e idosos.